Início Outros Perigo de incêndio nas próximas 72 horas no Sul, Interior Centro e...

Perigo de incêndio nas próximas 72 horas no Sul, Interior Centro e Norte

176
0

O calor veio para ficar, mas as altas temperaturas não trazem só coisas positivas. Por isso mesmo, a Autoridade Nacional de Emergência de Proteção e Civil (ANEPC) deixou um comunicado a alertar para o elevado risco de incêndios nas próximas 72 horas. A situação será potencialmente mais perigosa na região Sul, Interior Centro e Norte.

A ANEPC alerta para o perigo de incêndios, pelo facto de estar previsto mais vento e temperaturas mais elevadas. A combinação destes dois factores é, geralmente, de risco. Então, fica o alerta para todo o país, para que as pessoas tenham os devidos cuidados, especificamente com a questão de queimadas, mas também alguns potenciais descuidos.

De acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), os próximos dias trarão mais calor, mas também o vento. As noites podem chegar aos 20ºC, em várias regiões, e ventos entre os 25 e os 40 km/h. Estão, por isso, reunidas condições para os tão indesejados incêndios, o que leva ao alerta da ANEPC, que em comunicado, deixa as seguintes proibições até ao dia 24 de junho:

“A queima de matos cortados e amontoados e qualquer tipo de sobrantes de exploração, está sujeita a autorização da autarquia local, devendo esta definir o acompanhamento necessário para a sua concretização, tendo em conta o risco do período e zona em causa;

O uso de fogareiros e grelhadores em todo o espaço rural, exceto se usados fora das zonas críticas e nos locais devidamente autorizados para o efeito;

O lançamento de balões com mecha acesa e de foguetes. O uso de fogo-de-artifício só é permitido com autorização da respetiva Câmara Municipal;

Fumigar ou desinfetar apiários exceto se os fumigadores tiverem dispositivos de retenção de faúlhas.

Já nos locais onde o índice de risco temporal de incêndio seja máximo, não é permitido a realização de trabalhos nos espaços florestais com recurso a motorroçadoras de cabeça de corte de disco, corta-matos e destroçadores”.