Início Internacional Relação entre Sarri e Ronaldo perto da ruptura

Relação entre Sarri e Ronaldo perto da ruptura

131
0
© Getty Images

Este não é o primeiro sinal de um mau relacionamento entre Cristiano Ronaldo e Maurizio Sarri. Desde o início da temporada que o craque português não parece totalmente convencido com o treinador italiano. Agora, de acordo com a Gazzetta dello Sport, o italiano estaria a tentar mudar o jogo de CR7, mas o português discorda e rejeita essa hipótese.

No início da temporada, antes da pandemia, chegou a ser falado um mal-estar entre os dois, quando o treinador chegou a substituir Cristiano Ronaldo. Depois, as coisas mudaram e parecia tudo melhor. No entanto, esta paralisação poderia ter prejudicado a Juventus. Após a retoma das competições, a equipa não está a deslumbrar e segundo o jornal italiano Gazzettadello Sport, a rutura entre Sarri e Ronaldo está cada vez mais clara para todos.

Ainda assim, nota mais positiva para a Juventus esta semana. Depois de dois empates e a perda da Taça de Itália, a equipa voltou às vitórias no campeonato, por 2-0, com golos de grande penalidade de Cristiano Ronaldo e um golaço de Paulo Dybala, de fora da área. Três pontos e a equipa a manter a liderança no campeonato.

Apesar disso, continuam os rumores sobre um alegado mal-estar no balneário bianconero. De acordo com as notícias, MaurizioSarri quer Cristiano Ronaldo a jogar no centro do ataque, tornando o português no número 9. No entanto, o craque teria rejeitado. Essa alteração teria sido pedida antes da final com o Nápoles, mas Ronaldo teria rejeitado, aumentando o descontentamento do treinador.

Ronaldo tem jogado toda a sua carreira a partir das alas. No entanto, aos 35 anos, Sarri acredita que o jogador poderia dar mais à equipa dentro da área, uma opinião que não encontra apoio em Ronaldo. Aliás, o jogador já se queixa de não ter bolas ou oportunidades perto da área, um cenário que poderia piorar caso ele ficasse somente à espera de jogo. Esta será a opinião do português. Certo é que a relação entre treinador e jogador estará a deteriorar-se mais ainda.