Início Internacional Treinador do Sassuolo arrasa clubes da Superliga e mensagem torna-se viral

Treinador do Sassuolo arrasa clubes da Superliga e mensagem torna-se viral

50
0

Roberto De Zerbi é um dos treinadores mais adorados do momento. E já o era, mesmo antes da declaração que o tornou viral nas últimas horas. Antes disso, já o italiano era muito querido pelos adeptos, pelo futebol criativo e de ataque praticado pelo Sassuolo. Agora, De Zerbi mostrou que a sua paixão pelo futebol vai mais além do que se passa dentro das quatro linhas.

Ao contrário de alguns treinadores sonantes, como Zidane ou Pirlo, que preferiram não falar sobre a Superliga Europeia e o que este formato poderia mudar no futebol europeu, De Zerbi preferiu seguir o seu estilo e falou tudo o que tinha para falar.

“Foi como um golpe de estado. É como dizer aos filhos de operários que nunca podem ser médicos. Sinto raiva. Em dezembro estávamos em quarto mas não pedi nada ao meu clube porque sei a situação que enfrentamos. Se esses clubes têm tantas dívidas deveriam perguntar-se como geriram as contas. Fizeram desastres e agora querem que sejam os mais pequenos a pagar, ou os jogadores que sonham disputar a Champions”, atirou De Zerbi, uma declaração que lhe está a valer muitos elogios.

De Zerbi foi mesmo mais longe e disse que nem queria jogar com o Milan, por ser um dos integrantes do projeto. “Amanhã [quarta-feira] não queria jogar com o Milan e disse-o ao meu clube. Se me obrigarem vou, mas estou furioso”, atirou De Zerbi. Entretanto, o Milan já anunciou a saída da Superliga Europeia, seguindo o exemplo do Inter. Mais tarde, foi a vez da Juventus sair, se bem que o presidente dos ‘bianconeri’ continuou a elogiar a “beleza” do projeto.